28/07/2014

Editorial

Lilany Pacheco - Coord. da Comissão de Divulgação e Mídia do XX EBCF

Neste número 7 de esseOesse, o Boletim do XXEB, inauguramos a série, Vídeos de Rua, feito com o material de entrevistas realizadas nas ruas de Belo Horizonte, pelos jovens analistas de nossa comunidade de interesse. A idéia das entrevistas surge dentro da perspectiva de dar voz ao que resta silenciado do trauma nos corpos e da violência nas cidades.
Pareceu interessante que escutássemos a pulsação da cidade em torno do tema sobre o qual nos debruçaríamos durante este ano de 2014. Se para nós, analistas, é importante articularmos o singular do trauma nos corpos e o universal da violência nas cidades, isso não apareceu, entretanto, disjunto, nas falas daqueles que se ariscaram a formular, longe dos cânones psicanalíticos, suas idéias pessoais sobre o tema. As pessoas entrevistadas tiveram estímulo dos entrevistadores para dizer o que é a violência e o trauma, para elas. O resultado é surpreendente! Confiram!
Na mesma pulsação recebemos, para este Boletim, a contribuição de nossa colega da Bahia, Marcela Antelo, “A noite do trauma”, na qual ela coteja através da experiência dos vestígios do desejo do Outro, as vias da constituição do sujeito e a fundação das cidades, explicitando o retorno do desejo do Outro como o pesadelo para aqueles que “incluídos fora”, podem fundar-se na surpresa que irrompe estranha à familiaridade, ferida aberta, que desanda a falar, tal qual escutamos nos Vídeos de Rua – encontro feliz!
Para a aba Evento Cartéis dois textos sobre os destinos do amor: O amor que dura, e O amor ao sinthoma contra o ódio da diferença. Leiam e se orientem sobre a entrega dos trabalhos para esse evento moebiano ao XX EBCF.
Acompanhem os eventos preparatórios ao XX EBCF em todo o Brasil, as ressonâncias do trauma que este tema tem provocado em nossa comunidade.
Vejam as novidades sobre passagens e hospedagens! Participem, inscrevam-se, as vagas para este encontro são limitadas!