28/07/2014

Editorial

Lilany Pacheco - Coord. da Comissão de Divulgação e Mídia do XX EBCF

Neste número 7 de esseOesse, o Boletim do XXEB, inauguramos a série, Vídeos de Rua, feito com o material de entrevistas realizadas nas ruas de Belo Horizonte, pelos jovens analistas de nossa comunidade de interesse. A idéia das entrevistas surge dentro da perspectiva de dar voz ao que resta silenciado do trauma nos corpos e da violência nas cidades.

O amor ao sinthoma contra o ódio da diferença

Confrontos de rua no Brasil, junho 2013
Evento Cartéis1
Marie Hélène Brousse

A situação política atual – e isto vale tanto para a política em geral quanto para a política da psicanálise – assiste ao confronto de duas concepções do tratamento do mal-estar na civilização: uma é socialmente dominante e aspira a uma visão totalitária das coisas humanas e a outra é resistente e se apoia sobre os desfuncionamentos, os fracassos.

Um amor que dura

Escultura de sombras de Tim Noble e Sue Webster
Evento-Cartéis
Hélène Bonnaud [1]

        O amor de transferência funda a realização mesma da operação analítica. Sem esse amor, o inconsciente não tem nenhuma chance de se manifestar. O amor é, portanto, uma necessidade para se entrar na experiência. É ele que permite a abertura do inconsciente com o aparecimento dos sonhos, dos lapsos, dos esquecimentos, e da própria interpretação que o analisante produz para nutrir o amor pelo inconsciente.

O trauma vai te acompanhar por muito tempo, senão pela vida toda...

Vídeo de Rua

Concepção: Elizabeth Medeiros e Lilany Pacheco

A noite do trauma*

Marcela Antelo

O trauma é a melhor ocasião para recolher da experiência que somos um vestígio do desejo do Outro. O que nos afeta, nos assusta, nos angustia nos envergonha ou simplesmente nos dói[1], deixa pegadas que podem permanecer indiferentes em algum canto do passado mas, segundo a lógica temporal inventada por Freud e formalizada por Lacan, nos espreitam no futuro segundo o campo desenhado pela nossa sensibilidade. Nos futuros, seria mais preciso dizer, já que não podemos subsumir no singular o que ainda não tem acontecido[2].

Preparatórias I


Programação da EBP - Bahia
2° SEMESTRE 2014


“O Real em Perspectiva” 
Julho a Dezembro

20 horas de atividade gratuita

Rua Comendador José Alves Ferreira, 60
Garcia – Salvador - BA 
(61) 3235-9020
(61) 3235-0080
(61) 3247-8141 
ebpbahia@terra.com.br


Preparatórias II

IX Jornada da EBP
Seção Santa Catarina
22 e 23 de agosto de 2014

Psicanálise, crenças, leis

Convidado Internacional:
Mário Goldenberg
(AME da EOL e AMP)

Seminário: A Crença e a Psicanálise

Preparatórias III

VII Jornada da EBP
Delegação Geral GO/DF
"Quando a fala cala a bala fala"
O que a psicanálise diz sobre a violência?

22 e 23 de agosto
Faculdade Alfa - Unidade Perimetral

Convidada especial:
Fernanda Otoni de Barros Brisset
(Membro da EBP/MG e AMP)

Clique aqui >>Argumento da VII Jornada

Informações:
Delegação Geral GO/DF da EBP
eventosdg.godf@gmail.com

Ressonâncias

Delegação Geral: Mato Grosso do Sul/Mato Grosso
O CORPO E A URBE
- Fronteiras e Desordens -
Jornadas 2014
25 e 26 de julho de 2014

Carlos Genaro Fernández
Psicanalista - EBP - AMP
Eliane Calvet
Psicanalista - ECF - AMP
Marie-Claude Sureau
Psicanalista - ECF - AMP
Romulo Ferreira da Silva
Psicanalista - EBP - AMP